Coisas Boas em Alta
Entretenimento em Alta,  Notícias em Alta

Mize – Ricardo Adolfo

Nunca tinha ouvido falar do escritor Ricardo Adolfo.

Numa aula de escrita criativa que frequento, o formador aconselhou a leitura  este livro e torci a nariz.

Lá o comprei e achei- o muito divertido e bem  escrito.

Cheio de humor.

Ricardo Adolfo, nasceu em Luanda em 1974.

Ricardo Adolfo

Viveu nos arredores de Lisboa, em Macau, em Amesterdão e em Londres.

De momento vive em Tóquio.

Escreveu os livros infantis Os monstrinhos da roupa suja e Minimini, o livro de contos Os chouriços são todos para assar e os romances Depois de morrer aconteceram-me muitas coisasMaria dos Canos SerradosTóquio vive longe da terra, e Mizé, antes galdéria do que normal remediada.


Para o cinema e a televisão escreveu Sara, vencedora de melhor série nos prémios Sophia e SPA 2019, e a longa metragem São Jorge, premiada no 73.º Festival de Cinema de Veneza.

A sua obra está publicada de Portugal ao Japão A história de Mize que vive nos arredores de Lisboa, tenta conciliar os sonhos de uma vida de estrela com a rotina entre o salão unissexo e o bairro social Esperança.


Mas não é fácil. Ela quer mais, muito mais. E está preparada para usar tudo o que tem para o conseguir.

Por outro lado, Palha, que largou as saias da mãe para casar com Mizé, só quer manter o pouco que lhe resta  a começar pelo emprego a vender batatas fritas.


Com um arraial de personagens únicas e irresistíveis, Mizé é uma história galdéria da cabeça aos pés que nos mostra como a vida nos subúrbios  pode ser tudo menos cinzenta. 

A crítica foi muito boa: António Lobo Antunes diz  que o livro é “Uma maneira completamente  nova na literatura portuguesa.”

E José Eduardo Agualusa  escreve que «Ricardo Adolfo observa o seu país com feroz e acutilante ironia.» Aconselho vivamente este livro.

Vai rir e gostar.

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x