Coisas Boas em Alta
  • Entretenimento em Alta

    Álvaro Siza Vieira

    Álvaro Siza Vieira tem 90 anos e é uma figura grande da arquitetura portuguesa e mundial. É também figura de destaque na Gulbenkian em Lisboa, com a abertura de uma grande exposição que está aberta até 26 de Agosto. Centrada no papel do desenho na obra de Álvaro Siza Vieira, esta exposição reúne esboços, retratos, apontamentos de viagens, plantas de arquitetura, fotografias, peças de mobiliário e design, pondo-nos em contacto com referências pessoais, artísticas e profissionais de Siza. Dividida em duas salas, a Galeria Principal do Edifício Sede e a Sala de Exposições Temporárias do Museu. Siza permite-nos mergulhar no universo de um dos grandes nomes da arquitetura moderna do mundo. O público curioso encheu as salas muito interessado na obra de Siza. Não deixem de ir até lá!

  • Lugares em Alta

    Grémio Literário

    O Grémio Literário, fundado em 1846 por nomes como Almeida Garrett ou Alexandre Herculano e um local com história. É um clube privado onde há que pagar uma joia e por ano mais 600 euros. Fui convidada para um almoço e fiquei maravilhada com o espaço.  Tem uma bonita esplanada que fica num varandim com vista para o rio e para um jardim no palácio dos Viscondes de Loures, que em tempos sentou nomes grandes da cultura, e é o cenário para um almoço requintado. A refeição muito bem confecionada soube-me bem.  Tem várias salas e salões, a biblioteca, o famoso gabinete de leitura de jornais que foram frequentados por gerações sucessivas de sócios e a menção ao Grémio Literário encontra-se em muitas obras de autores célebres, como Teixeira de Queiroz, Abel Botelho, Ramalho Ortigão, e sobretudo em Eça de Queiroz.  Um palacete muito bonito e bem preservado.

  • Entretenimento em Alta

    Challengers

    O filme Challengers nome dado aos jogos do circuito secundário profissional do ténis. Um filme sobre uma paixão assolapada de dois amigos e parceiros por Tashi uma tenista que sofre  uma lesão e torna-se treinadora e aproveitando-se da paixão dos dois amigos por ela, consegue manipulá-los a seu belo prazer. As ambições, os sonhos e as frustrações de Tashi, Art e Patrick vão acabar por leva-los para o court onde os dois antigos amigos e parceiros  disputam a final, com a mulher que ambos amam a assistir.  O diretor do fotografia Sayombhu Mukdeeprom transporta a câmara para sítios inusitados e inesperados durante os jogos. A banda sonora é assinada por Trent Reznor e Atticus Ross, e o antigo tenista e actual treinador Brad Gilbert foi o consultor técnico da fita e fez os três intérpretes passar por três duros meses de treino nos courts, para que o ténis jogado em Challengers fosse muito realista. Para…

  • Entretenimento em Alta

    Quim Roscas & Zeca Estacionâncio

    Em 20 anos de carreira, já esgotaram centenas de espetáculos com direito a um filme próprio.  A dupla de sucesso conheceu-se em 2000, quando João Paulo Rodrigues se preparava para subir ao palco sozinho. Na altura, o colega Pedro Alves estava sentado no público e fazia questão de terminar as anedotas antes do tempo previsto. Foi neste encontro que nasceram as personagens Quim e Zeca que esgotam espetáculos e até tiveram direito a uma produção no cinema. O “Curral de Moinas: Os Banqueiros do Povo” foi um dos filmes mais vistos do ano um sucesso de bilheteira, já que rendeu cerca de 1,6 milhões de euros.  A vida das personagens tão acarinhadas pelo público “é abalada quando Quim descobre que herdou um banco.  Comprei bilhete para o espetáculo que prometia muito humor e diversão. Esta dupla está já muito rodada e o público logo que um deles começa a falar há aplausos sem…

  • Entretenimento em Alta

    Back to Blake

    Um filme sobre a vida e a carreira musical de Amy Winehouse, com argumento na primeira pessoa, ‘Back to Black’ não me agradou mas, ainda assim, é um filme bem feito. Relata  a história de Amy com alguma sensibilidade procurando não entrar nos momentos obscuros. Back to Blake tem como realizador Sam Taylor Johnson. Se compararmos com  Amy de 2015 um documentario sobre a cantora aquilo que Sam Taylor-Johnson nos mostra parece uma versão branqueada de uma história conhecida. A interpretação de Marisa Abela é boa mas há qualquer coisa no filme que não bate certo. O pai que a explorou aparece muito bonzinho. A sala vazia do cinema mostra que o filme não foi aceite pelo público.

  • Entretenimento em Alta

    Velasquez na Gulbenkian

    A nova obra visitante do Museu Calouste Gulbenkian vem da The Frick Collection, Nova Iorque.  Trata-se do retrato do monarca espanhol Filipe IV, da autoria de Diego Velázquez, considerada uma das obras mais representativas da relação próxima entre Filipe IV e Velázquez, pintor da corte espanhola.  A obra, datada de 1644, foi concebida num estúdio improvisado durante a batalha pela recuperação de Lérida.   Está é a quinta obra visitante do Museu Calouste Gulbenkian e tento ir, sempre que há estas belas iniciativas. Nesta nova edição da Obra Visitante, o Museu Calouste Gulbenkian recebe uma das mais importantes pinturas de Velasquez. Na pintura de 1644, o rei é representado em traje militar, comemorando a vitória do exército espanhol sobre as tropas francesas, na altura da reconquista da cidade catalã de Lérida.  Diego Velázquez (1599-1660) foi um pintor espanhol, um dos maiores nomes do Barroco europeu.  O pintor destaca-se não só pelo domínio…

  • Entretenimento em Alta

    Há fado no cais com Ricardo Ribeiro

    No CCB há sempre motivos para uma noite bem passada e enriquecedora.Foi o que aconteceu com o concerto do fadista Ricardo Ribeiro. Acompanhado pelos seus guitarristas e na segunda parte por jovens violinistas agarrou o público que enchia a sala do princípio ao fim da atuação. Homem carismático, com uma voz poderosa, empático com o público sempre em colóquio com este. Por vezes comovido. Por vezes brincalhão. Voz com influência cigana , do cantar alentejano e principalmente um grande cantor. Interpretou letras de Fernando Tordo, Amélia Muge e Ary dos Santos e de tantos outros e encantou os presentes com aplausos demorados. Grande concerto! Grande Ricardo Ribeiro.

  • Lugares em Alta

    Vigo, Museo Quiñones de LeónVigo,

    Fomos em grupo fazer a rota das Camélias e aí entra Vigo. A camélia é um género de arbusto originário do Japão, Coreia e China. É um dos arbustos mais populares ao longo do ano, devido principalmente às suas flores chamativas e à suas folhas serem verdes muito brilhantes.  Com mais de duzentas espécies a camélia é uma planta de crescimento lento que, de acordo com a variedade, pode alcançar vários metros de altura. No Museu Quiñones de León, em Vigo localiza-se, o que procurávamos: camélias no bonito Parque de Castrelos e ficamos espantados com a variedade de camélias no seu jardim.  Encontramos de todas as cores e há um Jardim Sensorial, adaptado a visitantes com deficiências visuais existindo inúmeros estímulos tácteis e olfactivos espalhados pelo jardim. Muito lindo. Ou seja, o museu municipal está sediado numa típica casa da aristocracia galega, do século XVII, antiga residência dos marqueses e doadores do espaço, e o seu…

  • Gastronomia em Alta

    Taberna do Caniço 

    Fui a Valença do Minho e o almoço foi na Taberna do Caniço situado no prédio Lepanto. Não é espetacularmente bonito, mas é simples e tem bom ambiente. Restaurante grande com empregados simpáticos e com paciencia pois a sala estava cheia e tudo a falar muito alto.  Mas a comida que é o que interessa, é muito boa.  Comi uma bela sopa de cenoura farta e saborosa. Prato do dia era maminha grelhada macia e desfazia-se na boca. Uma dose que dava  a vontade para 2 pessoas a comerem bem. As batatas sequinhas e o feijão muito bem feito.  O prato do dia custa 8€ com café incluído. O único problema é que não aceitam multibanco. Isso tornou-se uma confusão na hora de pagar.   O restaurante estava cheio com peregrinos que vão para Santiago de Compostela. Aconselho vivamente quem anda por lá em Valença do Minho