Coisas Boas em Alta
  • Bebidas em Alta

    Reguengos garrafeira dos sócios 2017

    Não sou de fazer resoluções de ano novo.  Não acredito nisso, nunca levei uma resolução de ano novo até ao fim.  Este ano meti na cabeça que não voltaria a beber vinho mau!  Ando a perder o meu tempo com coisas que nem me fazem bem ao fígado!  Mas o vinho bom tem o seu preço, por isso a minha aposta é beber menos, mas de boa qualidade!  Assim decidi passar o ano novo acompanhado com um alentejano, que até já tinha provado e tinha-me deixado com muito boa impressão!  Pelas 5 da tarde abri o Reguengos garrafeira dos sócios 2017!  Só o peso da garrafa deixou-me em sentido!  Decantei o vinho com muita calma E pelas 8 da noite provei!  Carvalho, chocolate e obviamente baunilha são os sabores dominantes!  É um vinho intenso com 15 graus de álcool, mas nem se sente!  Uma verdadeira pérola, bem feito com um final prolongado!  Acompanhei este vinho com cabrito, acabando por ser uma escolha perfeita!  Paguei 25€ por esta…

  • Bebidas em Alta

    Curva Tinto 2018

    Mais um grande vinho do Douro Por mais que vez já, aqui, escrevi que sou grande apreciador dos vinhos do Douro. Na minha modesta opinião são (regra geral) uns vinhos muito bem equilibrados e muito adequados ao meu gosto e, felizmente, ao de muitos milhares de portugueses e, não só. A empresa Sogevinus diz que o nome foi inspirado nos socalcos junto ao Douro e que, vistos ao longe, desenham curvas. À parte isso estamos em presença de um excelente vinho. No meu caso, julgo que a primeira vez que o comprei foi numa promoção (passe a publicidade) nos hipermercados Continente. Aberta a primeira garrafa fiquei fã. De tal forma que quando, em 2020, surgiu a oportunidade fui às caves Calém em Vila Nova de Gaia e voltei a comprar mais umas garrafas. De facto, este Curva Tinto 2018 justifica bem o dinheiro (e até é barato) que se dá por…

  • Bebidas em Alta

    Seixedo Reserva 2015

    Um tesouro escondido? Um vinho de Trás-os-Montes com grande classe. Ainda aqui há pouco mais de duas semanas disse ser um grande apreciador de vinhos do Douro que, na minha modesta opinião, são os melhores do país. Tal como então disse não sou, nunca fui e não quero ser um especialista na matéria. Pelo que o que escrevo aqui e, a apreciação que faço, vincula apenas a minha única e exclusiva apreciação pessoal. Assim, desta vez subo um pouco na geografia até Trás-os-Montes e fui abrir uma garrafa de Seixedo Reserva 2015 produzido pela Adega Cooperativa do Rabaçal estamos na presença de um vinho tinto feito a partir de uvas das castas Trincadeira, Tinta Roriz e Touriga Nacional e com graduação alcoólica é de 14º.  Como tal, este Seixedo Reserva 2015 com um aroma e travo bebe-se muito bem, muito leve e com uma frescura bastante agradável. É daqueles vinhos que, para…

  • Bebidas em Alta

    “370 Léguas Reserva“ De Beber e pedir mais

    E vivam os vinhos do Douro Declaração de interesses: há vários anos que sou grande fã de vinhos do Douro. Não sou, nunca fui e não quero ser um especialista na matéria. Sou, tão somente um apreciador e, como tal, confesso que me rendi completamente à produção vinícola daquela região. E, com mais ou menos surpresas a verdade é que, num balanço geral tenho gostado do que tenho provado vindo do Douro. Recentemente, comprei uma garrafa de 370 Léguas Reserva 2017 que guardei até me lembrar da sua existência e abri-la para acompanhar uns escalopes de vitela dos Açores. Em boa hora o fiz, porque estamos em presença de um excelente vinho (mais uma vez, na minha opinião porque não sou especialista). Elaborado a partir das castas Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Roriz esteve em estágio de oito meses em barricas de carvalho francês e apresenta-se com 13º graus…

  • Bebidas em Alta

    ANTIQUA, Aguardente Velha 1935

    De vez em quando reúno amigos da infância para uns jantares em casa!  Estamos mais velhos e de facto em casa as conversas podem-se prolongar até mais tarde, coisa que nos restaurantes não acontece!  O amadurecimento tem feito que este grupo esteja cada vez mais emocional!  No último jantar, um dos compinchas decidiu levar uma garrafa que pertenceu ao seu pai!  Uma aguardente com quase 100 anos!  A dificuldade começou logo na abertura da garrafa, a rolha já muito débil acabou por se desfazer!  Resolvido este problema, servimos a aguardente com um coalhador!  Aqueci os balões e ficamos em silêncio!  A aguardente de cor quase negra não tinha perdido as propriedades!  Um claro aroma a madeira, já que terá estagiado em barricas de madeira antes de ser engarrafado!  Há um prazer indescritível, uma sensação boa de calor  ANTIQUA, Aguardente Velha 1935 pode ser encontrada a preços que variam entre os 50 e 100, tudo o…

  • Bebidas em Alta

    Grandes escolhas

    Grandes escolhas é provavelmente a publicação mais importante sobre vinho, por isso direi que é a bíblia de quem gosta do vinho português!  Para alem da revista há um site e o mais importante, um concurso anual que tem como objetivo escolher os melhores vinhos do ano.  Fui convidado para participar como jurado, o que me deixou muito orgulho.  No dia do evento eu era um peixinho ao lado de tanta gente famosa ligada ao vinho.  As mesas eram partilhadas por duas pessoas, tive a sorte de me sentar na mesa do João Paulo Martins, que é apenas o Cristiano Ronaldo dos vinhos em Portugal, o que ele diz vira lei!   Foram servidos 30 vinhos, que tinham de ser avaliados de 1 a 20, como só estavam vinho muito bons, não dei classificação inferior a 16.5.  Os vinhos que ganharem este concurso vão aparecer nas lojas com o rotulo de grande prémio grandes escolhas da critica!. O interessante é…

  • Bebidas em Alta

    Vinho Tinto Alto Pina vinhas velhas

    Sábado, hora de almoço!  O que beber para acompanhar um bom repasto?  Tenho uma loja Pingo Doce perto de casa, por isso estou sempre atento ás promoções!  Vi este Alto do Pina e fiquei logo rendido pelo peso da garrafa.  Já não se fazem garrafas assim!  A promoção dizia que este vinho custava 13€, mas que com 2€ e pouco era meu!  É um vinho com um paladar a madeira e frutos do bosque, direi, amora!  É um vinho macio, ótimo para acompanhar carnes!  São 14 % de álcool, mas não se sente.  Deve ser servido a uma temperatura de 17 graus. 

  • Bebidas em Alta,  Gastronomia em Alta

    Vino Vero

    Ontem esteve mais uma noite de Verão em Lisboa, que convidava a jantar numa esplanada. Aproveitei para ir conhecer o Vino Vero, situado na Travessa do Monte, uma rua pedonal muito carismática na Graça. O Vino Vero é uma enoteca ou, como nos explicou Pedro Falcão, é um bar de vinhos naturais. Aqui podemos encontrar vinhos dos quatro cantos do mundo, todos eles produzidos sem intervenção do Homem. Explico melhor, os vinhos naturais não têm adição de químicos, nem sulfitos, nem taninos. Não há carta de vinhos. Descrevemos o que nos apetece tomar e trazem-nos o vinho escolhido. Podemos optar por garrafa ou ir experimentando vários vinhos ao longo da refeição. Confesso que gostei de todos. E agora a refeição! O menu oferece-nos vários pratos para picar. Recomendo o “brioche / remoulade / sardinha fumada”, uma verdadeira viagem de texturas. Gostei ainda da combinação de sabores do “requeijão / diospiro…

  • Bebidas em Alta

    Família Margaça

    Há dias recebia uma caixa linda da Família Margaça, a caixa é tão linda que nem tinha vontade de abrir! Mas como tenho de escrever, tive de provar o que acabava de chegar! A caixa tinha várias qualidades de vinho! Comecei pelo branco, cozinhei uma frango com amêndoas! o vinho tem um ligeiro paladar amadeirado! Há também aromas de fruta tropical e citrinos, fazendo este vinho muito delicado! A  família Margaça entrou numa luta para certificar os vinhos da região de Pias, o grande objetivo é defender a região e os seus produtores! São 14% de álcool, mas não se sente, já que a harmonia é a sua principal caraterística! 10€ é o preço desta garrafa! Vale mesmo a pena. Fiquei cheio de vontade de experimentar o resto da caixa, mas isso guardo para uma próxima oportunidade!