Coisas Boas em Alta
Lugares em Alta

Gare do Oriente

Estação, ou Gare do Oriente, é uma das mais modernas do país, fica numa das zonas mais contemporâneas da cidade, no Parque das Nações, e foi projetada e construída pelo arquiteto e engenheiro espanhol Santiago Calatrava para receber todos os que vinham de comboio para visitar a Expo 98.

Situada na zona leste de Lisboa, a Estação do Oriente foi projetada como gare intermodal de apoio à Expo’98 mas também com o objetivo de se tornar o principal interface de transportes da cidade, integrando metro, comboio, terminal rodoviário e parqueamento.

Para os passageiros de avião, existe a possibilidade de efetuar previamente o check-in.

O seu autor é o conceituado arquiteto e engenheiro espanhol Santiago Calatrava, bem conhecido pelo seu estilo único que combina materiais como o betão, o vidro e o aço, mantendo visíveis estruturas que outros arquitetos escondem. 

Na Gare do Oriente, Calatrava criou uma estrutura de grandes dimensões com um aspeto elegante e leve, que a alguns faz lembrar um bosque de árvores metálicas e a outros as colunas e os arcos de uma catedral gótica.

Inaugurada em 19 de Maio de 1998 a estação tem o projecto do arq. Sanchez Jorge e intervenções plásticas de 11 artistas representando os 5 continentes, que se inspiraram no tema central da Expo 98 “Os Oceanos.”

As vezes andamos distraídos e nem reparamos na beleza dos azulejos e dos painéis.

Há uma diversidade grande.

Então temos;
Joaquim Rodrigo (Portugal) – Painel de azulejos “Praia do Vau”.
Hundertwasser (Áustria) – “Submersão da Atlântida”,uma representação do mítico continente desaparecido.
Errö (Islândia) – Criou um trabalho em azulejo cuja temática aborda mitos e lendas ligados ao mar.
Sean Scully (Irlanda) – Executou um painel em azulejo de estética abstracta.
Magdalena Abakanowicz (Polónia) – Escultura em bronze de um peixe de grandes dimensões.
Yayoi-Kusama (Japão) – Trabalho em azulejo,que ocupa as duas paredes do topo Norte da estação.
Raza (Índia) – Trabalho em azulejo designado “Les Océans”

Hoje em dia, é um dos mais importantes interfaces da cidade, sendo que daqui partem todos os dias comboios para as principais cidades nacionais, como Faro, Albufeira, Évora, Coimbra e Porto. 

Daqui partem também os principais comboios para quem quer ir visitar a Torre Eiffel a Paris ou visitar os nuestros hermanos a Madrid.

Não a acham linda?

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x