Coisas Boas em Alta
Entretenimento em Alta

Cochinchina fica no fim da rua 

Na 5 feira, fui ao Teatro Meridional, que fazia um acolhimento! 

Senti a alegria de ver uma sala totalmente esgotada! 

Tinha alguma curiosidade de ver como seria a Margarida Vila-Nova em palco, é uma atriz de televisão, mas no teatro será que funciona? 

Cochinchina é um texto pesado, onde um pai com uma incapacidade física, decide contar a sua história a uma filha que não conhece. 

Este discurso, pode causar ao espetador alguma confusão, já que não é claro desde o início! 

Este homem, vive um mundo fechado, muito provavelmente pela sua incapacidade é muito protegido. 

O seu mundo acaba no fim da rua.

Há um medo em tudo o que se passa lá fora.

Essa barreira só é quebrada quando uma empregada da Cochinchina vai trabalhar para sua casa. 

É um texto sobre a dualidade entre a vontade de fazer e a falta de coragem. 

Em palco temos Vítor D’Andrade, que faz brilhantemente de alejado. 

Margarida Vila-Nova, uma surpresa agradável a forma meiga como faz o papel de empregada da Cochinchina. 

Patrícia André muito competente nos vários papeis que vai fazendo ao longo do espetáculo.  

Finalmente uma chamada de atenção para a música de Samuel Uria que vai tocando ao logo desta hora e meia.

Subscreva
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x