Coisas Boas em Alta
  • Gastronomia em Alta

    Restaurante Retiro do Minhoto

    Domingo, dia de acompanhar o meu querido Clube Oriental de lisboa a uma deslocação ao União desportiva Ponte de Frielas. Tenho o habito de sair mais cedo e conhecer a gastronomia local, comer em sítios que nunca ouvi falar. Andamos perdidos, porque a informação é que na zona não existiam restaurantes abertos ao domingo! O que não é verdade! Encontramos no meio da serra em Unhos o Restaurante Retiro do Minhoto Chegamos ao local pelo meio-dia, e a proprietária informou que se fosse para ficar, não teria mesa! Tínhamos de comer e andar! O Restaurante Retiro do Minhoto, é um local pequeno com comida tradicional Portuguesa, sendo a especialidade, os grelhados! Com uma entrada simples, queijo, azeitonas e uns maravilhosos rissóis de carne, mas o que é certo, é que os rissóis de carne desapareceram num abrir e fechar de olhos. Pedi o vinho da casa, que de facto não…

  • Entrevistas em Alta

    Chef Vítor Veloso, o seu novo restaurante em Loulé

    O chef Vítor Veloso abriu um novo espaço de comida de autor em Loulé! Ficamos muito entusiasmados com este novo projeto, o que levou a uma bom conversa, rodeada de boa comida. Vítor Veloso tem um currículo invejável, trabalhou com os melhores e mais reputados chefs do mundo! Agora chega a altura de se lançar como proprietário de um restaurante, o Aurora! Como foi que despertou para a cozinha?  A minha mãe tinha dois empregos e eu tinha de dar de comer à minha irmã mas um segundo despertar deu se quando num verão a minha mãe me mandou trabalhar por ter perdido o ano e fui para uma pastelaria de rua com refeições e ai deu o click quando vi o cozinheiro chef no Lodo. Quando teve consciência que podia ser profissão?  Quando entrei no curso soube logo que era o que ia queria fazer para a minha vida. Por onde andou até…

  • Entretenimento em Alta,  Notícias em Alta

    Glória – Netflix

    É a grande estreia da produção Portuguesa na netflix! Dizer que ainda não ouviu falar ou que não viu ainda é um risco de gigante de ficar de fora das conversas de amigos! Glória é um thriller de espionagem e ação, passado num Portugal nos finais da ditadura do Estado Novo, mas mistura também guerra fria, americanos de um lado e Russos do outro! A ação acontece na aldeia da Glória do Ribatejo, onde durante décadas funcionou um centro norte-americano de transmissões (RARET), que tinha como grande objetivo transmitir propaganda ocidental para os países do Bloco de Leste. Aqui não há bons, são todos maus, o que vai contra tudo o que me ensinaram durante anos. A realização bem cuidada foi de Tiago Guedes. A série esta a funcionar muito bem em Portugal, mas também na Suíça. Vale a pena ver, sentir o Português na gigante Netflix.

  • Gastronomia em Alta

    Clube de Chateaux

    No meu grupo de amigos já me tinham falado no Clube de Chateaux!  Sábado antes de jantar decidimos visitar o lugar!  Abriu durante a pandemia e tem com objetivo mostrar o que se produz em França, vinhos, queijos e enchidos!   A sala é bonita, mas como a noite estava amena, decidi sentar-me na esplanada!   Pedi uma degustação de vinhos! São servidos 5 vinhos, dois brancos, dois tintos e um maturado!   A experiência foi muito agradável, já que o Bruno (funcionário do espaço) acompanha a degustação com a história dos vinhos e respetiva explicação!  Acompanhamos a experiência com uma tábua de 4 queijos franceses, Roquefort, Saint Nectaire, Comté e Sante Maure e como era dia de ostras, decidimos provar!   A degustação de vinho e explicação custa 15€. Uma experiência maravilhosa que vale bem a pena!  Por minha vontade teria ficado o resto da noite ali, a desfrutar os vinhos e a petiscar. Fica Rua Actor Taborda, 43 (Saldanha)  1000-007 Lisboa  Segunda a Quinta, das 17h às 23h  Sexta…

  • Entrevistas em Alta

    Treinador de Elite: Quem És? – Jerry Silva

    Jerry Silva é Mestre em Direito do Desporto pela Universidade Lusíada e Mestre em Ciências da Educação Física e Desporto (especialização em Treino Desportivo) pela Universidade da Maia.  O advogado divide a sua vida por duas paixões, as leis e o deporto. Acaba de editar o livro “Treinador de Elite: Quem És?”, motivo para uma agradável conversa sobre futebol. Há claramente dois amores na sua carreira?  Duas grandes paixões, concorrentes mas não excedentes. Futebol e Advocacia de mãos totalmente concertadas. O direito e o desporto Como foi que isso aconteceu? Cresceram com naturalidade e de forma espontânea. primeiro a paixão pelo futebol. Depois, o gosto pelo advocacia foi despertando e a opção no final do ensino secundário mostrou-se acertada e concluída licenciatura exerço a profissão há 26 anos, com 24 anos de inscrição na ordem dos Advogados. O caminho, conjunto, está no inicio.  Agora edita um livro chamado “Treinador de Elite: Quem És?” Que livro é este?  Um livro que, assente…

  • Entrevistas em Alta

    I love Campolide

    Sem dúvida que é um dos bairros mais cativantes de Lisboa Diz que quem lá mora fica com uma ligação para a vida! Dois jornalistas, José Vieira Mendes e Jorge Lima Alves, decidiram pegar nas máquinas fotográficas, e no momento de pandemia fotografarem o bairro! Dai nasceu um ato de amor ao bairro de Campolide, o livro “I love Campolide”- Motivo para uma agradável conversa com um dos autores José Vieira Mendes Afinal o que tem de especial Campolide?  Em primeiro lugar é o bairro onde nasci e cresci. É a “minha terra”! E onde o Jorge Lima Alves vive há 15 anos, onde nasceu um dos filhos dele e onde ganhou afinidades. Depois é um bairro antigo, que está perto de tudo, (da Baixa, das saídas da cidade, ferroviária e rodoviária). É um bairro de contrastes, entre o antigo e o moderno: dos edifícios novos do Alto de Campolide,…

  • Bebidas em Alta

    ANTIQUA, Aguardente Velha 1935

    De vez em quando reúno amigos da infância para uns jantares em casa!  Estamos mais velhos e de facto em casa as conversas podem-se prolongar até mais tarde, coisa que nos restaurantes não acontece!  O amadurecimento tem feito que este grupo esteja cada vez mais emocional!  No último jantar, um dos compinchas decidiu levar uma garrafa que pertenceu ao seu pai!  Uma aguardente com quase 100 anos!  A dificuldade começou logo na abertura da garrafa, a rolha já muito débil acabou por se desfazer!  Resolvido este problema, servimos a aguardente com um coalhador!  Aqueci os balões e ficamos em silêncio!  A aguardente de cor quase negra não tinha perdido as propriedades!  Um claro aroma a madeira, já que terá estagiado em barricas de madeira antes de ser engarrafado!  Há um prazer indescritível, uma sensação boa de calor  ANTIQUA, Aguardente Velha 1935 pode ser encontrada a preços que variam entre os 50 e 100, tudo o…

  • Bebidas em Alta

    Grandes escolhas

    Grandes escolhas é provavelmente a publicação mais importante sobre vinho, por isso direi que é a bíblia de quem gosta do vinho português!  Para alem da revista há um site e o mais importante, um concurso anual que tem como objetivo escolher os melhores vinhos do ano.  Fui convidado para participar como jurado, o que me deixou muito orgulho.  No dia do evento eu era um peixinho ao lado de tanta gente famosa ligada ao vinho.  As mesas eram partilhadas por duas pessoas, tive a sorte de me sentar na mesa do João Paulo Martins, que é apenas o Cristiano Ronaldo dos vinhos em Portugal, o que ele diz vira lei!   Foram servidos 30 vinhos, que tinham de ser avaliados de 1 a 20, como só estavam vinho muito bons, não dei classificação inferior a 16.5.  Os vinhos que ganharem este concurso vão aparecer nas lojas com o rotulo de grande prémio grandes escolhas da critica!. O interessante é…

  • Entrevistas em Alta

    1821 – O Regresso do Rei – Armando Seixas Ferreira

    Armando Seixas Ferreira, Nasceu no Barreiro a 16 de maio de 1973. Integra desde 2015 a equipa do Linha da Frente, o programa de grande reportagem da RTP1. É um verdadeiro apaixonado por história e pela escrita. Na altura do confinamento fez um grande estudo sobre o rei João VI, esse estudo profundo acabou na edição do livro “1821 – O Regresso do Rei“, motivo mais que suficiente para uma boa conversa numa tarde de sol.   Qual a importância do rei João VI ?  Ao contrário do que muitos pensam, D. João VI foi o rei certo no momento certo. O filho de D. Maria I assumiu a regência devido à demência da mãe. Muito cedo começou a ser chantageado por Napoleão para aderir à causa do continente, contra os nossos aliados ingleses. Depois das guerras da Restauração em 1640, Portugal atravessou um dos momentos mais terríveis da sua história. Corremos o risco de perder a independência,…