Coisas Boas em Alta
Bebidas em Alta

“Terras do Demo” tinto reserva 2012, um ótimo vinho que é tudo menos do diabo

Este “Terras do Demo Tinto Reserva 2012” é tudo menos do Diabo.

O nome, segundo sei, deve-se à obra de Aquilino Ribeiro que, aliás, surge na própria garrafa produzida pela Cooperativa Agrícola do Távora.

A cooperativa está sediada em Moimenta da Beira e em termos vinícolas encontra-se integrada na Região Demarcada do “Távora – Varosa”, situada entre o Douro e do Dão.

Trata-se de uma zona com condições únicas: solos graníticos e pobres em calcário, com altitudes elevadas, um clima temperado continental, que a torna propicia à produção de maçã (a famosa Bravo de Esmolfe) e, claro de vinho.

O meu primeiro contacto com uma produção desta Cooperativa foi, precisamente, um Terras do Demo Branco Seco que, infelizmente, já não está em produção.

Sei que, também, têm Espumante de grande qualidade e com oferta diversificada, mas esse nunca provei até porque não sou apreciador.

Da mesma Cooperativa já conhecia um excelente vinho produzido por eles: o Fraga da Pena.

Mas, agora, quero falar-vos deste Terras do Demo Tinto Reserva de 2012: concebido a partir das habituais Tourigas Franca e Nacional possui, também, uvas das castas Alvarelhão e Tinta Barroca.

O resultado é um excelente vinho com 13º de graduação alcoólica, que deixa um óptimo gosto na boca e, que apetece beber sempre mais um pouco mais.

Este Terras do Demo Tinto Reserva de 2012 encontrei-o  num supermercado no Algarve a 4,19€ cada garrafa e, comprei logo meia dúzia.

Eram todas as que restavam.

Fiquei grande fã.

Subscreva
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x