Coisas Boas em Alta
Entretenimento em Alta

Alice no País das Maravilhas

A sala completamente cheia no Teatro Camões. Um belo teatro frente ao Tejo, a casa do Teatro Nacional de Bailado. 

A Companhia tem nova direção artística de Carlos Prado e no próximo ano já vamos perceber o que vai mudar.

Desejo como espectadora que traga muito ballet e do bom.

Desta vez, venho ao encontro de um clássico a “Alice no País das Maravilhas”, com  coreografia de Howard Quintero, baseada na obra literária homónima, de Lewis Carroll.

Com a belíssima música de Tchaikovsky, interpretada pela Orquestra Sinfónica Portuguesa dirigida por José Eduardo Gomes que me encheu os ouvidos.

Ter uma orquestra ao vivo potencia de imediato o ballet e foi o que aconteceu.  

O bailado conta a história de uma jovem Alice muito curiosa que a perseguir um coelho entra num mundo de fantasia que me deixou pregada a olhar para os diversos personagens que entram em cena.

Alguns momentos de sorrir e rir. 

Achei excelente a interpretação de Miguel Ramalho como valete de copas, do Tiago Amaral como coelho branco e da cozinheira África Sobrino. 

Claro que a Alice com a sua figura frágil mas segura interpretada por  Tatiana Grenkova salta, corre e dança que se farta. Vão ao Teatro Camões.

O espetáculo está em cena até 23 de Dezembro.

Aplausos pelo trabalho e pelo momento que me proporcionou.

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x