Coisas Boas em Alta
Carros em Alta

Em apenas 6 anos a OPEL quer ser totalmente electrica

Em apenas seis anos a Opel irá tornar-se uma marca totalmente eléctrica.

O fabricante germânico revelou a intenção de, em 2028, completar a passagem de motores a combustão para motores eléctricos.

No imediato, a Opel dispõe já de modelos eléctricos em quase toda a gama, mas quer ir mais longe e revela, que os sucessores do Crossland e do Insignia serão eléctricos e, como tal com zero emissões.

A marca adianta, ainda, que os seus futuros modelos eléctricos terão autonomias entre os 500 e os 800 quilómetros e uma capacidade de carregamento rápido de 32 quilómetros por minuto.

Por enquanto, a Opel tem na sua gama alguns modelos já electrificados: desde os Combo-e e Vivaro-e e Hydrogen, bem como o Movano-e. ou os Corsa-e Mokka-e. A caminho estão híbridos plug-in da gama Grandland e da próxima geração do Astra, bem como o Astra-e e o eléctrico da carrinha Sports Tourer.

Opel Vivaro-e Hydrogen (2021)

Mas a Opel prepara-se, ainda, para o renascimento do coupé Manta agora com uma proposta de desportivo totalmente eléctrico.

Para fazer este salto tecnológico a Opel lançou a Automotive Cells Company em parceira com a Total/Saft, a Stellantis e Mercedes-Benz para a construção de uma giga-fábrica destinada à produção de pilhas de bateria modernas em Kaiserslautern, que terá a capacidade máxima de 32 GWh.

Subscreva
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x