Coisas Boas em Alta
Entretenimento em Alta

O Novo Espetáculo do Teatro dos Aloés

Para os Aloés, o Teatro é uma assembleia onde se colocam problemas sobre os seres humanos, individualmente ou organizados em sociedade, para refletirmos sobre o caminho para um mundo melhor, onde seja possível viver sem conflitos, felizes e pensando que existem outros também.

Mas sabemos que os problemas não se resolvem dentro dos teatros. E que é preciso que cada espectador leve para casa essa inquietação, necessidade e esperança e que seja capaz de agir em conjunto, encontrando com os outros as soluções.

Também sabemos que os teatros não devem sugerir orientações. Um teatro assim é ritual para crentes. Os que acreditam vão, os que não acreditam não vão.

Acreditar na importância social do teatro é a força que nos une, mas não temos que ter todos as mesmas soluções.

Na realidade temos preocupações e estéticas diferentes e por isso o nosso teatro é diversificado e vai ao encontro dos mais diversificados sectores da sociedade. E ainda bem. 

Apetece-me citar Augusto Boal – «Temos a obrigação de inventar outro mundo porque sabemos que outro mundo é possível. Mas cabe a nós construí-lo com as nossas mãos entrando em cena no palco e na vida. Atores somos todos nós, e cidadão não é aquele que vive em sociedade: é aquele que a transforma.»

E apetece-me também recordar que cinco séculos antes de Cristo as Cidades-Estado da Grécia Clássica reconheciam já a importância do Teatro na formação moral e cívica do cidadão e por isso o apoiavam. Mais, compensavam financeiramente os espectadores que tinham que deixar o trabalho para ir ao Teatro.

No dia 23 de junho nos Recreios da Amadora vamos estrear «Abaixo da Cintura» de, Richard Dresser, autor que não conhecia, mas que Jorge Silva, encenador do espetáculo e companheiro de luta de há muitos anos, conhecia e nos tem entusiasmado à maneira que decorrem os ensaios. Assim, Dresser entrou no nosso programa e estou convencido que vai ser um sucesso. É mais um contributo para pensar numa sociedade melhor e onde não seja preciso sermos todos iguais.

Consultem as redes sociais e site do Teatro dos Aloés e façam as vossas reservas.

Até breve. Um Abraço

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x