Coisas Boas em Alta
Notícias em Alta

Um bando de vigaristas

A sala do Cinema Nos Colombo, estava bem composta com jovens em férias e a aproveitar finalmente esta trégua do confinamento.

O filme com óptimos actores e com um humor inteligente que nos faz rir e descontrair.

Talvez a mensagem seja incorrecta porque pelo dinheiro não vale tudo e até pretender matar um desgracado de um velho actor.

Mas a parte desse  pormenor, há cenas hilariantes.

Um bando de vigaristas conta a história de dois produtores de Hollywood que devem dinheiro à máfia e tentam montar um esquema: fazer um filme com um actor de “westerns” acabado, deprimido e já com uma certa idade e esperar que ele morra durante a rodagem.

Só que não conseguem  e começam a dar-lhe cenas cada vez mais complexas para tentar matá-lo.

Entretanto, contra a vontade deles, acabam por fazer um dos melhores filmes da carreira do actor.

Robert de Niro faz um papelão, como um dos produtores do filme, e com um a vontade a representar que fascina qualquer pessoa.

Um filme de George Gallo, conhecido como o argumentista de “Fuga à Meia-Noite”, e com Robert De Niro à frente de um elenco que inclui também Morgan Freeman e Tommy Lee Jones.

É um “remake” de um filme de Harry Hurwitz lançado em 1982.

Gostei muito.

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x