Coisas Boas em Alta
Notícias em Alta

Leitura do Mangue

Vamos viajar até à Guiné-Bissau e a Cabo Verde, entre 1963 e 1974, época da luta armada pela independência no processo de libertação.

É já na próxima 3f, dia 06 de julho 2021, que inaugura a exposição “Leitura do Mangue” incluída no programa do Porto Summer School on Art & Cinema.

Esta aventura começa com a viagem das duas realizadoras até à Guiné-Bissau, com o propósito de ficar a conhecer as condições dos alunos nas escolas guerrilheiras dos manguezais.

Em vez disso, as duas tornaram-se elas próprias nas alunas de uma das escolas.

Esta exposição retrata as suas experiências e aprendizagens ao longo desse período.

Segundo as realizadoras Filipa César e Sónia Vaz Borges, “Leitura do Mangue é um mapa de conversação e uma jornada cinematográfica resultante de um esforço coletivo em falar sobre a natureza do rizoma e sua resiliência. A escola dos manguezais não é uma metáfora para uma teoria da resistência, mas sim o próprio organismo materialista de partilha e produção de conhecimento, que evoluiu de uma luta anticolonial e que toma o próprio ecossistema de mangue como um lugar de luta permanente. Enraizamento vs desprendimento de raízes, aprendizagem vs desaprendizagem. A condição agropoética militante é uma realidade latente”.

Não perca esta exposição de entrada gratuita, com muita história e cheia de emoções!

 Datas: 06 de julho a 08 de outubro de 2021

Local: Sala de Exposições da Escola das Artes da Católica

Morada: Rua de Diogo Botelho, 1327, 4169-005 Porto

Subscreva
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x