Coisas Boas em Alta
Notícias em Alta

Honjok – Francie Healey

 Honjok é um belo conceito, porque se traduz numa decisão consciente de conhecer as nossas próprias preferências e interesses, de cultivar o nosso verdadeiro mundo interior.

É um convite a desfrutar o estarmos só e à reflexão, mas estar bem e felizes.

Este livro acabadinho de sair já está a venda, não é uma apologia a vivermos sós!

Mas gostar de estar sós nem que seja temporariamente.

Francie Healey

A psicoterapeuta e escritora Francie Healey, resolveu e bem escrever o livro  “Honjok: a arte de viver bem sozinho”,  o qual afirma que estar só não é algo negativo, mas que pode estar repleto de vantagens.

Mesmo antes da pandemia, Healey começou a pesquisar este movimento sul-coreano, e descobriu que há cada vez mais adeptos desta “tribo de um só”.

A autora deste livro explica que este movimento surgiu entre os jovens, principalmente mulheres, que decidiram rejeitar os valores sociais e culturais impostos pela sociedade a favor de um individualismo de estar sós mas feliz.

Para ela, esta é uma oportunidade de reflexão sobre o que realmente somos. Uma oportunidade de fazer um mergulho para o interior de cada um e descobrir novos prazeres,  que apenas são possíveis sentir quando se está só.  

Honjok é um movimento contracultura que surgiu na Coreia do Sul. Significa “Tribo de um Só”.

Ainda pouco divulgada no Ocidente, esta filosofia ou forma de vida, surge como resposta à frustração de fortes pressões sociais e culturais, levando muitas pessoas a optarem por viverem sós e assim encontrarem uma maior liberdade.  

Este livro não é um livro de auto ajuda nem de solidão.

É um livro que nos mostra que não é o fim do mundo estarmos sós!

Que há que aproveitar e saber viver tranquilamente quando por qualquer razão nos encontramos sós!

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x