Coisas Boas em Alta
Notícias Boas

Noite de Estreia – Teatro da Trindade

Num sábado de sol, fui ao Teatro da Trindade ver uma optima peça mas com um horário estranho: 11h da manhã!  

A sala praticamente cheia e de gente nova.

Eu já tinha visto o filme do realizador John Cassavetes há muitos  anos, e por isso sabia o que podia encontrar.

O filme de John Cassavetes não só é um dos melhores do realizador, que marcou o cinema independente americano desde finais dos anos 1950, como aquele em que  Gena Rowlands terá feito um grande papelão que agora é Dalila  do Carmo, muito segura que o interpreta e muito bem, sem vacilar.

O espetáculo prende o público e os actores fazem o seu trabalho bem. 

Noite de Estreia  fala do envelhecimento e tendo como uma atriz de sucesso, Myrtle Gordon, confrontada com a uma personagem em que lhe pedem que assuma o envelhecimento!

Ela não quer, nem se pretende rever nesse papel.

Muito fragilizada pelo álcool, ela representa tudo aquilo o que não queremos: a decadência, a crise existencial e a falta de amor próprio e talvez um pequeno desprezo do próprio grupo de teatro a respeito do seu comportamento.

Pelo que li o encenador Martim Pedroso, gosta “pôr o seu teatro de pernas para o ar” e fá-lo sem pestanejar.

Vai em frente e traz com ele o grupo.

Muitos parabéns ao encenador.

A partir de agora,  acompanhar o seu trabalho.

Deixe um comentário

%d bloggers like this: