Coisas Boas em Alta
Notícias Boas

Raspadinha

Sempre a raspar!  

Vou a papelaria comprar uma Raspadinha.

A mim nunca me saiu nada mas eu acredito que um dia ganhe qualquer coisa.

Os números em Portugal são brutais quando comparados com Espanha e com o resto da Europa.

Gastamos demasiado dinheiro em raspadinhas e isso significa que o número de pessoas com problemas de vício de jogo associado a raspadinhas também é enorme.

As raspadinhas têm o “potencial de encorajar o jogo excessivo” porque estão associadas a um retorno imediato. Além disso, não requerem conhecimentos específicos do jogo, são baratas e altamente acessíveis , disponíveis em qualquer papelaria ou tabacaria.

A Respadinha  está disponível em Portugal desde 1995 e passou a chamar-se Raspadinha em 2010, ano a partir do qual as vendas dispararam.

Para juntar a festa, este ano já foram para o mercado mais  de 270 milhões de bilhetes da Raspadinha.

Também o êxito explica-se com facilidade que com 5 € poder-se ganhar 2 mil € pagos ao mês durante 12 anos ,que é o maior prémio que existe.

Agora aparece a Raspadinha do Património Cultural, que será lançada pelo Governo em Maio, no dia Internacional dos Museus e conjuntamente com a Santa Casa  da Misericórdia!

Destina-se com os lucros patrocinar obras e eventos culturais.

Assim seja.

Deixe um comentário

%d bloggers like this: