Coisas Boas em Alta
Histórias em Alta

Pedro Cabrita Reis

Fumar  charutos, beber bons vinhos e andar a passear com as pessoas de quem gosta  ou no passear campo com os seus cães.

São  estes os prazeres de Cabrita Neto e ajudam-no na criação artística.

Com um currículo invejável é considerado uma sumidade na escultura.

Na  Rotunda do Parque das Nações há 3 objectos que estão identificamos como obra de Pedro Cabrita Neto.

Pedro Cabrita Reis

Confesso que passei muitos anos por eles e pensei que fossem objectos que estavam provisoriamente ali para ser retirados um dia.

Pedro Cabrita Reis

Afinal estava enganada.

Não me dizem nada e parecem nem sei dizer o quê.

Sem titulo

Percebo agora que é de um grande escultor com exposições em todo o mundo mas há também pessoas que não gostam das suas obras.

Um emigrante em Inglaterra, natural de Matosinhos, “transformou” a Escultura de Pedro Cabrita Reis, de mais de 300 mil euros, num “estendal” onde, através de camisolas, calções e bóxeres, fez “perguntas” sobre obras no concelho de Matosinhos.

A arte é aquilo que o artista quiser.

Por isso, se umas vigas são arte para o Pedro Cabrita Reis, para ele umas cuecas com perguntas escritas também são arte. 

Pedro Almeida contou que instalou o “estendal” ,tendo trazido a corda, as molas e a roupa de Inglaterra, e que, uma hora depois, “recolheu-o” porque conseguiu passar a sua mensagem de descontentamento.

Dizendo que o seu acto “não é vandalismo porque não estraga nada”, o autor da ideia afirmou tratar-se de uma “instalação artística e política usando para isso os ferros que lá se encontram”, referindo-se às vigas que compõem a escultura.

A escultura de Pedro Cabrita Reis fica mal naquele local e devia ser relocalizada, e parece   que duas semanas depois da sua inauguração, já tinha ferrugem.

Pedro Almeida garantiu que vai voltar a estender o “estendal” na sua próxima vinda a Portugal.

A obra de arte “A linha do Mar” já foi vandalizado tendo a primeira ocorrido logo após a sua inauguração.

Na sua página da Internet, a autarquia refere que “a peça escultórica é composta por vigas de ferro HA400 e apresenta uma nova perspectiva sobre a linha de horizonte do mar, sugerindo diversas interpretações através da forma, geometria e da sua sobreposição com o oceano”.

“Composta por cinco grupos de vigas, sendo exclusivamente construída com recurso a este material, o conjunto escultórico enquadra a paisagem num esquema de linhas verticais de dimensões variáveis dispostas sobre uma base horizontal ao longo de 40 metros da marginal e apresenta Cabrita Reis como “um dos principais embaixadores do movimento neo minimalista em Portugal, com trabalhos expostos em todo o mundo e presente em museus e colecções nas mais variadas latitudes”.

Não gosto.

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x