Coisas Boas em Alta
Histórias em Alta

Assassino do Zodíaco

O “Assassino do Zodíaco

” aterrorizou a Califórnia nos anos de 1960 e 70. Divulgou mensagens encriptadas para provocar as autoridades, que nunca o conseguiram identificar. Uma das mensagens foi agora revelada.

Foram precisos 51 anos e equipas de especialistas de três países para descodificar uma mensagem encriptada do “serial killer” conhecido como “Assassino do Zodíaco”.

 O descodificador David Oranchak revelou pela primeira vez a mensagem enviada pelo assassino: “Espero que se estejam a divertir muito a tentar apanhar”

Esta é a segunda mensagem do “Assassino do Zodíaco” que é descodificada. A primeira foi rapidamente entendida por um casal local. Assim como o texto agora revelado, também o primeiro serviu apenas para aterrorizar e provocar. Revela pouco sobre quem era o assassino – apenas o motivo sinistro por detrás dos crimes: “Gosto de matar porque é muito divertido”.

O “Assassino do Zodíaco” está associado a cinco homicídios na Baía de São Francisco, entre 1968 e 1969. Outras duas vítimas escaparam e suspeita-se que muitos outros crimes terão sido cometidos pela pessoa que reclama a autoria de 37 mortes.

O criminoso começou a contactar o jornal em 1969 e telefonava à polícia, identificando-se apenas como “Zodíaco”. Frequentemente ameaçava com mais crimes caso os jornais não publicassem as suas mensagens encriptadas. Houve quatro mensagens codificadas no total, uma das quais revelava que a sua identidade seria revelada.

Em 2007, um filme de David Fincher protagonizado por Mark Ruffalo e Robert Dowey Junior tornou o caso célebre em todo o mensagem foi enviada ao jornal Sun em novembro de 1969, recorrendo a vários símbolos, até agora indecifráveis. E foi este jornal que agora divulgou a mensagem.

“Não tenho medo da câmara de gás porque irá enviar-me para o paraíso tanto mais cedo porque agora tenho escravos suficientes para trabalhar para mim”, diz o criminado,

O FBI confirma a descodificação da mensagem mas considera que ajuda pouco os investigadores, que há décadas procuram identificar o assassino.

“O ‘Assassino do Zodíaco’ aterrorizou várias comunidades no nordeste da Califórnia e apesar de terem passado várias décadas continuamos a procurar justiça para as vítimas destes crimes brutais”, disse Cameron Polan, porta-voz do FBI de São Francisco, ao jornal “San Francisco Chronicle”. 

Ele fez pouco da polícia e baralhou-a completamente. 

Não há crimes perfeitos e vão chegar a ele e até me parece que ele quer ser encontrado, se é que já não morreu. 

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x