Coisas Boas em Alta
Gastronomia em Alta

Mimos

Sabem aquele dia em que as coisas correm bem, e dizemos para nós próprios, “hoje merecemos um mimo”?

E hoje foi dia de mimo!!!

Para quem não leu os meus post’s anteriores, vou resumir aqui para não ser muito entedioso…

Em Portugal, há três escolas de sushi…os discípulos do Aya, do Tomo, dos brasileiros…e a do Paulo Morais, vá…

Desta vez escrevo dos discípulos do Aya!

Começando pelo título deste post, tenho de começar pelo princípio.

Não sei porquê, mas hoje foi daqueles dias em que temos de nos mimar, mesmo em confinamento!!!

E, vai daí, com o que é que nós podemos mimar de melhor…em casa???

Com um bom petisco…em casa.

Navegando nas redes sociais, descobri que a Taska Come, na Rua da Madalena, estava a promover um kumshi acabado de fazer…

Para quem não sabe, kumshi é uma couve fermentada com uma série de legumes orientais que não sei identificar, mas sei que é maravilhoso!!! E tem aquele sabor picante…só provando.

A Taska Come é um pequeno restaurante japonês onde se come tudo o que é japonês, para além do sushi. Mas um dia destes, voltaremos lá para provar outras iguarias.

Recolhido o Kumshi, vamos agora recolher o prato principal…o sushi!

Desta vez a escolha foi pelo Tomo, restaurante fundado pelo próprio Chef Tomo, ex-Chef da Embaixada do Japão em Portugal e que por razões que aqui não vem ao caso, herdada pelos seus discípulos e sob a responsabilidade do simpático Saif Islam.

Pedido um sashimi pequeno, (como podem ver nas fotos), a apresentação é digna de um banquete real.

As peças de sashimi são fresquissimas, como se exige neste tipo de cozinha.

Atum da barriga (toro), salmão, polvo, carapau, lírio, dourada, e camarão.

A apresentação é cuidada, com flores comestíveis, para além do peixe, propriamente dito, feijão verde, nabo, wasabi, e arroz!!!

Como sabem tudo o que é servido nestes pratos de alta gastronomia é comestível…(o que tive mais dificuldade em comer foi a caixa de alumínio onde foi servida).

Mas brincadeiras à parte, recomendo vivamente a experiência dum restaurante em que o peixe é tratado com reverência e não apenas um depósito de comida.

Por tudo isto (kumshi) e sushi paguei 29 euros, mas vale a pena, quanto mais não seja pela experiência.

A acompanhar, Herdade de São Miguel (4,99€) e a música da Ana Moura.

Bom apetite!!!

Sejam felizes, e mimem-se!!!

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x