Coisas Boas em Alta
Gastronomia em Alta

K-Bob

De todas as comidas asiáticas, a Coreana, é aquela que tenho menos conhecimento e portanto, desculpem-se se vou dizer algum disparate, mas o intuito deste site é partilhar experiências sem a necessidade de sermos especialistas. 

Situado no chamado Bairro Azul, na Av. Ressano Garcia nº 41-A. Confesso que praticamente há 40 anos que não visitava este bairro, onde era assíduo, porque andei na Escola Preparatória de Marquesa de Alorna (ao final desta mesma rua). 

Como (quase) todos os restaurantes asiáticos, também este não foi construido de raíz para ser restaurante Coreano, foi sendo adaptado, visto aqui já ter sido uma casa de hamburgueres (salvo erro) e posteriormente um restaurante chinês. Como tal e para além de alguns motivos coreanos e a própria bandeira da Coreia do Sul, pouco mais fazia lembrar onde estávamos. A rever…para além da própria comida é essencial que o “freguês” se sinta no local de origem da degustação. 

Mas vamos ao que interessa, chegados ao restaurante ainda cedo (cerca das 19h30), com apenas uma mesa ocupada. Hum!?…mau sinal! 

Escolhemos a mesa e sentámo-nos…cerca de 5 minutos depois (tempo demasiado para o número de pessoas que estava na sala), acercou-se o empregado (depois apresentou-se como gerente) simpático e cordial.  

Perguntámos o que sugeria e valeu a pena, porque se assím não fosse estariamos à toa com o menu. 

Como entrada, sugeriu YACHAE-JEON, crepes coreanos, que eu achei que a tradução correta devia ser pataniscas de legumes, que era mesmo que parecia e sabia. Muito agradáveis, mas com pouco sabor,mas que melhorava com o acompanhamento do moho de soja.  

Passando aos pratos principais, foi-nos sugerido um BULGOGI, que é nada mais, nada menos que, carne de vaca com cebola coreana, cebola, cogumelos Enoki, cenoura e pimentos.  

Agradável, acompanhado por um arroz que achei muito bom, e do que mais gostei de toda a refeição, um misto de acompanhamentos com picles coreanos, batata, legumes, etc. 

Para o outro prato, aconselharam-nos um JAPCHAE, que é nada mais, nada menos do que pedaços de frango com massa de batata doce, cebola cogumelos, espinafres e molho de soja.  

Muito saboroso, sobretudo a massa de batata doce. Cozinha muito parecida com a chinesa a que estamos habituados, mas muito mais saboroso. 

Para finalizar a refeição (foi-nos sugerido por um casal jovem, que estava sentado na mesa ao lado, mas (pelo menos ele) era especialista na cozinha e rituais da gastronomia coreana. Uma cerveja coreana, acompanhado por uma aguardente de arroz(SOJU), na proporção de 2/3 de cerveja para 1/3 de aguardente. 

Pena que o gerente/empregado não nos tenha falado nada disto! 

No final um doce tipico coreano, que sinceramente já não me lembro, e por isso seria deselegante estar a apreciar. 

Por tudo isto, sugiro uma visita ao K-Bob, mas… 

Peçam sugestão de todos os rituais tradicionais da cozinha coreana. 

P.S – No final da nossa refeição o restaurante estava quase cheio e maioritariamente por locais (coreanos) o que é um bom sinal! 

Boa refeição! 

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x