Coisas Boas em Alta
Coisas muito Boas

Quem acompanha o quê? – Quinta do Cotto

Desta vez, o meu amigo diz-me:

-“Tenho um vinho para provarmos que deve ser uma coisa do outro mundo!”


Eu que não sou de me ficar, nestas coisas dos “comes e bebes”, fiquei logo entusiasmado, e perguntei o que iríamos fazer (de jantar) para acompanhar o vinho.


Desta vez a máxima de “Qual o vinho para acompanharmos o petisco tal, foi invertido, desta vez, era mesmo “O que vamos fazer para acompanhar este vinho?”.


E então de que vinho estamos a falar?

Nada mais, nada menos da Quinta de Cotto, Grande Escolha 2017, e com uma produção limitada a 1514 garrafas, e a nossa era a número 967


Depois de aberto, esteve a “respirar” durante alguns minutos, enquanto o petisco que escolhemos para acompanhar e que era um Pargo Assado no Forno, com a tradicional batata assada, com cebola, tomate, pimenta, sal, vinho branco, azeite, salsa e uma malagueta.


Alguns dirão que o vinho ideal para um bom Peixe Assado no Forno será o branco. Pois não é a minha opinião, eu acho que o Tinto, acompanha muito bem qualquer prato de peixe.


Controvérsias à parte, vamos então ao convidado especial, o nosso Quinta do Cotto, Grande Escolha 2017, depois de ter respirado, foi servido num bom copo para vinho tinto, sim porque o copo é tão ou mais importante que o vinho, podem pesquisar e ler sobre o assunto, que ficarão surpreendidos.


Então brinde feito, lá fizemos a primeira prova, um sabor intenso de frutos vermelhos maduros, com uma cor intensa de vermelho ruby, com notas de especiarias e um excelente equilíbrio entre a acidez e o teor alcoólico de 14º, numa textura suave que permanece na boca durante muito tempo.


Que maravilha! Todos os nossos sentidos se concentraram nas nossas pupilas gustativas, para saborear este néctar dos deuses…do Douro. 


Parabéns ao produtor Montez Champalimaud.


Esta garrafa está no mercado da especialidade entre os 50 e 60€, mas também em ocasiões especiais vale apena abrir os cordões à bolsa e provar um vinho destes.


Quanto ao peixe, foi todo, e o vinho também…


Bebem com moderação, mas sempre um vinho de qualidade, é o meu conselho.

Deixe um comentário

%d bloggers like this: