Coisas Boas em Alta
Coisas muito Boas

As nossas escolhas

Foi por brincadeira que decidimos criar este site!

O objectivo foi juntar uns quantos amigos para partilhar momentos bons das nossas vidas!

Experiencias que marcaram a equipa, no fundo, “Coisas boas”.

O site é corporativo, dando espaço para os amigos participarem com textos!

Um puro execício de escrita com emoções.

Tudo começou em novembro e ficamos surpresos com o numero de pessoas que diariamente passam por aqui!

A esses, obrigado, continuem!

Chegou a altura de fazermos as nossa escolhas do melhor do ano.

Para a nossa fervorosa Céu Pessoa o melhor do ano foi:

O ano 2020 não foi um lindo ou bom ano.

Cada pessoa sofreu a sua maneira e teve de se aguentar pois todos nós temos o instinto de sobrevivência.

Eu sou uma pessoa de passear, sair e ir ver coisas.

Foi difícil ficar metida em casa a olhar o mundo pela janela.
Pedem-me para registar um coisa boa deste ano.

Adorei estar 10 dias nas termas de S. Pedro do Sul.

Passeios ao longo do Rio Vouga, tratamentos com massagens, boa comida e ar puro.

Pouca coisa mas vim de lá feliz.

O Covid quis dobrar-me e ter medo de viver.

Mas lá no fundo continuo a pensar que a vida é boa .

Bom ano 2021!

Agora as escolhas do Miguel Peixoto:

Não há dúvida que escolher algo de bom este ano é uma missão complicada!

vivemos de uma forma totalmente diferente e nem o Benfica foi campeão!

Eu que adoro beijar, ate fiquei privado desses momentos.

Sendo eu um amante do desporto e adoro dar grandes passeios de bicicleta pela cidade de Lisboa.

Admito que este ano a cidade teve um encanto que não consigo explicar.

Passar pelas grandes praças da cidade totalmente desertas foi das experiencias mais estranhas do ano.

Uma beleza estranha e unica na vida de uma capital.

Os passeios demorados eram acompanhados por muitas fotografias.

Lisboa é de facto uma cidade bela com uma luz única.

Para o Mário Marques o melhor do ano foi:

Desafiado para fazer a “escolha” do Ano 2020, o que se me afigura difícil, visto que em retrospetiva, de facto este Ano, foi atípico em todos os aspetos.

No entanto, o que me tocou durante este ano, foi a capacidade de resiliência do Povo Português.


Desde logo o confinamento no início da Primavera, que convida a passeios e desfrutar do ar livre, não aconteceu!

A capacidade de nos primeiros dois meses de pandemia, os portugueses recolherem pacificamente a suas casas, com medo dum vírus desconhecido, foi também demonstração de união e responsabilidade dos portugueses.


Mas para a “escolha” do Ano, vai para os Cientistas, que em tempo record, nunca visto até hoje, conseguirem descobrir uma vacina capaz de imunização de grupo.


Parabéns a todos os que estiveram envolvidos na criação desta vacina, laboratórios, hospitais, médicos, cientistas, e o mais importante, e que raramente é falado e valorizado, os voluntários, que estiveram na linha da frente do desconhecido, para que com o seu contributo anônimo, pudessem salvar vidas…as nossas!!!


É por tudo isto que destaco a capacidade do ser humano em unir-se e transformar o Mundo. Pena que esta união não pudesse ser estendida a outros objectivos, tal como a fome, a guerra, o clima,ou as desigualdades sociais.


Pode ser que este o Ano do “Covid”, seja ele próprio um ano de reflexão, para tudo o que “NÒS” podemos fazer quando queremos e nos unimos!

Um Excelente 2021 a todos!

Deixe um comentário

%d bloggers like this: