Coisas Boas em Alta
Coisas muito Boas

O Zunzum da Marlene (Vieira)

Confesso que sou apreciador da chamada cozinha de autor, no entanto há autores e autores… 

Neste caso falo da Chef (da moda) Marlene Vieira e do seu novo espaço. 

Chama-se Zunzum e o nome adequa-se ao “espaço” onde fica, nada mais nada menos do que no Terminal de Cruzeiros de Santa Apolônia, renovado e muito bonito.  

A primeira vez que lá fui, foi a convite, para a inauguração.Não será da inauguração e da experiência em si própria que vou falar, porque no dia da inauguração é sempre diferente das experiências como cliente normal. Depois desta voltei ao “local do crime” mais duas vezes, desta vez a convite de mim próprio.  

É destas que vos vou falar… 

Espaço: 

Cleen, acolhedor, muito bem decorado em mesas e cadeiras de madeira, suficientemente afastadas para não não contrairmos Covid pelo parceiro da mesa ao lado e também para não ouvirmos as conversas. Destaque para o som, e não, não estou a falar da seleção musical (boa), mas da qualidade do som, facto descurado pela maioria dos restaurantes do mesmo género. Um sistema de som da Bose que faz  inveja a muitos audófilos. 

O que propriamente interessa: 

Entradas: Duas variedades de pão diferentes, acompanhadas por manteiga do Pico (Açores) e duma pasta de chouriço…FANTÁSTICOS! (Acho que podia ter comido só pâo com manteiga!!!) Para além disso uns chips de peixe (não me recordo da espécie utilizada, as minhas desculpas) cortados muito finos e passados pelo óleo quente! Maravilhosos! 

Pratos: Uma espécie de ceviche de espadarte, acompanhado por pipocas com um toque de molho de maracujá. Muito agradável! Muito saboroso! 

Arroz de Bivalves, um arroz apresentado no ponto correto de cozedura, com mexilhão e berbigão,e coentros e com um toque de lima. Bom, mas na minha opinião ligeiramente salgado. 

Carbonara de courgete: Simplesmente FANTÁSTICO! Só provando!! 

Francesinha: Apesar de não ser um “especialista” nesta iguaria, posso dizer, que se não foi a melhor, certamente será das melhores que comí até hoje. Bife perfeito e linguiça (salsicha) muito saborosas.Tudo no ponto! Recomendo! 

O único senão foi a sobremesa que não me convenceu e nas duas visitas optei pela mesma: Arroz doce, mas enganem-se aqueles que estão a imaginar a panela feita pelas vossas avós…nada disso. Uma espécie de gelado de arroz doce, com uma pauzinho de chocolate a imitar o pau de canela.  

Algumas notas: 

Todos os produtos utilizados neste restaurante são portugueses. 

A Chef Marlene Vieira faz questão de passar por todas as mesas para ouvirem a opinião dos seus “fregueses”, o que é de saudar!#zunzumgastrobar 

Pessoal atento e simpático, embora tivesse achado que da primeira para a última vez que lá fui, já estavam mais “relaxados”!! 

Local muito agradável com esplanada, o que o torna imbatível quando as noites a isso convidam. 

As fotos foram todas tiradas por mim (desculpem a falta de jeito!) 

Recomendo a visita…

Marlene vieira

Deixe um comentário

%d bloggers like this: