Coisas Boas em Alta
Coisas Boas

Cry Macho – A Redenção

Este deverá ser um dos últimos filmes deste grande actor e realizador Clint Eastwood.

Infelizmente esta demasiado velho, frágil e estive sempre a espera que ele se partisse todo.

Claro que o filme e também sobre a velhice mas fiquei algo incomodada.

A música e belíssima, os grandes planos também mas falta algo.

Talvez não devesse acabar tudo bem.

Há um galo que faz um papelão e a história passa-se em 1979, quando o criador de cavalos Mike Milo, que em tempos foi uma estrela dos “rodeos” mas hoje está acabado, é contratado pelo ex-patrão para viajar pelo México e resgatar o seu filho.

É esta a premissa desta adaptação do romance de N. Richard Nash, editado em 1975.

O filme é protagonizado e realizado por Clint Eastwood, que se junta ao estreante Eduardo Minett no papel do miúdo que ele tem de ir buscar e ao também cantor-compositor country Dwight Yoakam.

O guião foi escrito por Nash antes de morrer no ano 2000 e trabalhado por Nick Schenk, que já tinha escrito “Gran Torino” e “Correio de Droga” para Eastwood.

Não havendo grandes filmes neste momento para ir vem, aconselho.

E por favor Clint Eastwood retira-se pela porta grande.

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x