Coisas Boas em Alta
Coisas Boas

Fiado

Na belíssima aldeia de xisto de Janeiro de Cima na zona do Fundão, foi escolhido para almoçar o Restaurante Fiado.

O espaço, para cerca de 80 pessoas, deve o seu nome à atividade tradicional da tecelagem do linho, tão comum na região. Mas claro que o nome deu conversa para todo o almoço. 

De arquitetura contemporânea, apresenta um interior requintado e cuidado, proporcionando a todos um almoço em beleza. O ambiente é acolhedor e descontraído cativou-me de imediato.

Dizem que é uma referência no concelho do Fundão e as suas propostas fazem a viagem valer a pena.

Apresenta uma cozinha bem portuguesa, com oferta de pratos tradicionais e regionais, com destaque para o cabrito no forno a lenha, os maranhos, o bacalhau com broa, o polvo à lagareiro.

Ótimas iguarias e o difícil é escolher.

O restaurante tem 2 andares e a nós, calhou-nos o de cima.

Mesas todas ocupadas com empregados jovens e muito delicados.

Começámos com uma sopa de legumes, que caiu muito bem pois estava leve e estava tudo com fome.

Depois foi escolhido o cabrito que estava bem temperado com a carne macia e saborosa.

A oferta de sobremesa era imensa, mas como se ia continuar a visitar e andar quilómetros a pé, escolheu-se uma salada de fruta que vinha com cerejas, claro.

A entrada há um pequeno espaço para venda de vinhos e muita gente foi comprando.

Quando forem de passeio vão lá almoçar, mas façam marcação.

Muito bom o restaurante.

Depois do almoço ainda tivemos pernas para ir visitar à praia fluvial que fica a 300 metros e um pequeno Museu das Tecedoras.

Esta aldeia é um encanto.

Tudo limpo organizado e as casas de xisto tão bonitas.

Vi uma bela casa de xisto à venda e se me sair a lotaria vou comprar! 

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x