Coisas Boas em Alta
Coisas Boas

Piscina em Alcochete – Sunset Fitness Club

Não sou propriamente adepto das piscinas públicas, não por preconceito, mas apenas porque não me sinto à vontade, nem confortável.

Esta que vos vou falar, é precisamente o contrário.

Embora não seja propriamente uma piscina pública, esta está integrada num complexo desportivo, o Sunset Fitness Club, mesmo junto à margem do Rio Tejo.

Situada nas instalações do ex-Clube Náutico de Alcochete, que já foi bar, sala de eventos, e agora um ginásio.

Com umas instalações magníficas (até pela situação geográfica) quando entramos damos de caras com um tapete relvado (artificial) que vai mesmo até junto do rio.

Com alguns equipamentos de ginásio espalhados pelo mesmo, debaixo de grandes chapéus de sol, até a mim, o maior preguiçoso da Península Ibérica ( do que aos ginásios diz respeito, atenção…), me dá vontade de treinar.

Para quem quer mesmo “fazer ferro”, o ginásio propriamente dito, situa-se no lado esquerdo e está repleto de todo o tipo de máquinas para poderem exercitar o esqueleto.

Mas o que me traz aqui hoje, é mesmo a Piscina.

Não sendo grande propriamente dita, mas dispõe dum desenho inteligente, que se divide em duas áreas. A entrada, com uma profundidade máxima de 1,20 m e a zona mais profunda, que salvo erro tem 2,10.

A piscina é circundada por umas generosas espreguiçadeiras, com uma distância qb, para que mesmo estando sozinho, não consiga ouvir a conversa do parceiro. Se bem que o simpático staff, distribua os utentes por toda a zona da piscina para não haver aglomerados. E assim sentimo-nos como se estivéssemos na piscina em casa de um qualquer amigo.

Com uma lotação pequena, corre-se o risco, de quando chegarmos, não ser possível entrar, sobretudo eu que vou propositadamente de Lisboa, para aqui, desfrutar do descanso que não consigo, nem na praia, nem noutra piscina maior.

O que me salva é a simpática Mónica, a quem ligo, (um chato) a perguntar se vale a pena ir ou fico à porta! Obrigado Mónica e todo o vosso staff, simpáticos e disponíveis para tudo o que precisarmos.

E o que é que podemos precisar numa piscina, perguntam vocês? Beber e comer, claro…

Também aqui existe um pequeno bar do género dos que estão nas praias, em que podemos refrescar-nos com uma bebida fresca ou um snack ligeiro, numa área reservada para este efeito, e também para quem não dispensa um cigarro depois do mergulho.

Mas o melhor de tudo é mesmo a paz, que se vive enquanto aqui estamos…

Embora com uma magnífica vista para a outra margem, onde se pode vislumbrar a cidade de Lisboa, o rio, e a Ponte Vasco da Gama, o som das águas do rio, embalam-nos nesta verdadeira preciosidade, onde se fecharmos os olhos nos transporta para um qualquer local mais longínquo e calmo.

Quanto aos preços para este “pequeno paraíso”, começam nos 6 euros, para meio-dia e 9 euros, para o dia inteiro.

Nota: Não sei se o preçário  está correto, mas não anda longe disto…

Afinal podemos estar no Paraíso, por pouco…

Bons mergulhos…amanhã lá estarei…

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x