Coisas Boas em Alta
Coisas Boas

Queijo da Serra da Estrela

Neste tempo de confinamento deu-me para experimentar diversos queijos da serra e analisa-los a lupa.

Comer devagar, ler os rótulos, informar-me das  queijarias,  e sentir as diferenças entre uns e outros. 

Um bom queijo da serra tem de ser feito com leite de ovelha bordaleira da raça Serra da Estrela da melhor qualidade, o que implica riqueza e pureza da forragem que as ovelhas  pisam e consomem diariamente em campo aberto.

Depois a  utilização de cardo natural na coagulação e criação da pasta de queijo que se forma.

E finalmente, a cura perfeita, em que os elementos leite, sal e cardo se conjugam harmoniosamente para dar queijos elegantes, intensos e macios.

E qual é a melhor técnica para se provar?

Fui saber.  

Colocar no dedo indicador um pedaço de pasta de queijo, pó-lo na língua, e com a língua pressione a pequena amostra de queijo contra o céu da boca.

É nesse momento que percebemos a qualidade  ou os pequenos desequilíbrios do produto que temos à frente.

Num grande queijo, nenhum dos três se manifesta mais que os outros e a continuação de prova é longa, assim como o prazer.


Quanto aos preços o Queijo Serra da Estrela (21 euros/Kg), Queijo Serra da Estrela Velho (25 euros/Kg) e Creme de Queijo de Ovelha (3,50 euros/unidade), produzido a partir de queijo standard e velho, resultando num creme muito saboroso e multiusos.

Estão disponíveis no site da DOTT e o Munícipio de Oliveira do Hospital, paga os custos de transporte a todos os consumidores que comprem às queijarias de Oliveira do Hospital através deste site.

Iniciativa óptima , tornando tudo mais fácil a quem quer ter acesso ao melhor queijo do mundo e arredores, trazido à porta de casa. 

Quando abrir o seu Serra da Estrela, não devemos o que se anda agora a fazer, que é literalmente aparando o queijo por cima,ou seja abrir uma tampa ao cimo do queijo,  e explorá-lo com uma colher.

Se quer comer à colher, barrar ou integrar em receitas, use o genial creme de queijo Dos Lobos.

O queijo esse, deve cortá-lo em fatias de lés a lés, tendo presente que o exterior não é casca mas caixa; tudo é queijo, e tudo deve ser consumido.

Já o queijo velho, pode e deve cortar em fatias radiais, mesmo assim incluindo sempre a caixa; temos de nos lembrar que tudo é queijo.

Coma uma fatia de queijo devagar e então vai perceber a maravilha e a arte que mora no queijo Serra da Estrela.

Produto nacional e tão bom!

Deixe um comentário

%d bloggers like this: