Coisas Boas em Alta
Coisas Boas

Surf

Só podia ser uma mulher destemida, porque meter-se pelas ondas grandes a dentro, não é para qualquer pessoa.

Pois o Surf não é para “medricas”.

Michelle dês Bouillons foi a primeira mulher a surfar um pico de ondas grandes na Baixa da Viola, em São Miguel nos Açores.

Esta não foi estreia da surfista brasileira nem nas ondas grandes, nem em Portugal.

Já explorou o mar da Praia do Norte, na Nazaré, mas foi nos Açores que conseguiu o feito.

A surfista considera uma marca importante para a expansão das mulheres na modalidade e também para a promoção deste destino de surf.

No ano passado, conquistou o primeiro lugar feminino nas Gigantes da Nazaré e este ano foi campeã no Illa Pancha Challenge, em Espanha. Surfar as ondas no Taiti é um dos próximos objetivos da atleta.

Aos 30 anos de idade, Michelle resolveu fazer um mudança radical na sua carreira de surfista profissional e começar a enfrentar ondas a sério.

E tem feito furor e está no bom caminho.

Quanto a maneira de treinar diz ela que para além de exercícios de cardio faz ginástica em casa com elásticos.

O mais importante diz ela é trabalhar as pernas porque é o que utiliza muito no surf.

Diz que tem de ter as pernas muitos fortes para ultrapassar os bumps, ou seja os degraus do mar. 

Michelle é  surfista desde os 6 anos e foi três vezes campeã no Rio de Janeiro.

A única coisa que deseja é surf e quer “pegar” grandes ondas de 50 pés e evoluir nos “tubos”.

Pega na prancha e vai surf! Nós ficamos a ver pela televisão o teu trabalho!

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x