Coisas Boas em Alta
Coisas Boas

O Teatro Meridional

O Teatro Meridional anunciou a reposição do magnífico espetáculo O Sr. Ibrahim e as Flores do Corão de Eric-Emmanuel Schmitt, que eu já vi pelo menos sete vezes e estou disponível para ver outra vez.


Por limitações que a pandemia determinou, teve de cancelar a reposição e adiá-la para melhor altura.

Eles são do grupo da Esperança.


O Teatro Meridional tem apresentado óptimos espetáculos e é uma das companhias mais premiadas da cena portuguesa, com prêmios em Portugal e no estrangeiro.


E seguindo a linguagem dos Mestres é um Serviço Público, um Teatro Cidadão, porque cidadão não é aquele que vive em sociedade, mas aquele que a transforma.


É um Teatro onde gosto de ir, não só pela sua qualidade artística, mas também pela forma simpática e fraterna como sou recebido.

É um lugar onde me sinto bem.


Natália Luísa é minha Amiga quase desde os primeiros tempos das minhas tarefas como professor.

E tenho a memória da boa actriz que ela já evidenciava ser.


Miguel não me esqueço das provas que deu desde o início da sua formação e da sua maravilhosa participação em Os Actores de Boa Fé que fizemos em todos os jardins públicos.


Rui ainda não tinha chegado a este mundo e já sabia que ele vinha a caminho. É dos corpos gerentes dos Aloés e já nos fez muita música de muita qualidade e além de músico é actor.


Os Aloés fizeram uma co-produção com o Meridional, encenada pela Natália e foi um grande prazer ser dirigido por ela.


Marta já trabalhamos muitas vezes juntos porque a sua qualidade é superior.
Quando chego à “melhor sala de espetáculos de Poço do Bispo” sinto-me em casa.


Rita, Suzana, Marco, Paulo, sinto que são todos meus Amigos e estão sempre disponíveis para o que lhes peço ou eles imaginam o que preciso, pois acho que eles adivinham os meus pensamentos. E sempre que o trabalho permite conversamos.


Fazemos espetáculos diferentes, mas temos os mesmos propósitos, muitas afinidades e entendimentos sobre a função social do teatro e sua importância.

O vosso empenhamento, força e dedicação exemplares tocam-me profundamente o coração e acreditem que tenho por vós o maior afecto, a maior estima e sou sinceramente vosso amigo.


Enquanto tiver forças irei sempre ver-vos.
Um Grande e Forte Abraço Queridos Amigos e Companheiros de Luta.


E VIVA O TEATRO

Deixe um comentário

%d bloggers like this: