Coisas Boas em Alta
Coisas Boas

Passadiços do Paiva

Os passadiços estão na moda em Portugal e é um caso de sucesso.

São estruturas feitas em madeira e consideradas autoestradas para os pedestres passearem pelas montanhas, rios e praias.

Olhando não são bonitos, ou estéticos, mas funcionam. Os Passadiços do Paiva são os mais importantes e conhecidos de todos. 

Este, a do Paiva, localiza-se na margem esquerda do Rio Paiva, no distrito de Aveiro.

São 8 kms rodeados de natureza, paisagens lindas, e percorre as praias fluviais de Areinho e de Espiunca.

A realização do passeio é de dificuldade alta e leva cerca de 3 horas. 

As pessoas têm de ter alguma preparação física pois há cerca de 900 degraus para subir o que é muito puxado.

Inaugurados em 2015, os Passadiços são o resultado do engenho humano a da natureza.

A construção, em tábuas de madeira, oferece um passeio privilegiado por uma paisagem intocada, que se assume como santuário de biologia, geologia e arqueologia.

A proeza é tal que a atração já conquistou, por quatro anos consecutivos, o “Oscar” do turismo mundial (World Travel Awards) do Melhor Projeto Europeu de Desenvolvimento Turístico – de 2016 a 2019.

Aconselho o passeio a que tem pernas preparadas.

Podem ir voltando de táxi pois la em baixo há uns tantos à espera dos mais cansados.

Eu não consegui percorrer 

Deixe um comentário

%d bloggers like this: