Coisas Boas em Alta
Bebidas em Alta

Petrus – O vinho mais caro do Mundo

Há anos vi numa montra uma garrafa de vinho Petrus e fiquei espantada com o preço: cerca de 3 mil euros.

Fico admirada por quem é capaz de andar à procura na Internet para conseguir comprar uma garrafinha. 

Presença garantida nas listas dos vinhos mais caros do mundo, o Petrus é uma verdadeira lenda. 

Disputado por colecionadores, uma garrafa da safra de 1982 conquistou o impressionante valor de 30 mim €  num leilão realizado em Londres. 

Mas o que faz o Château Petrus ser considerado o vinho mais caro do mundo?

As vinhas do Château Petrus cobrem uma área de 11,5 hectares, num solo único formado por três camadas a 40 metros do nível do mar, conhecido como Botão Petrus.

A primeira camada do solo é de cascalho, a segunda é de uma argila densa e muito rica em matéria orgânica. 

O grande segredo está na terceira camada, feita  de argila azul. 

A argila azul apresenta uma grande concentração de óxido de ferro, endurecendo o solo, impedindo as vinhas ou seja as raízes, de ficarem muito profundas.

Os frutos, dessa maneira, acabam a ficar  mais concentrados e retém muito mais humidade. 

A colheita das uvas do Château Petrus é manual, realizada no período da tarde para proteger os bagos da humidade da manhã. 

Uma parte do mosto é transferida para cubas de cimento, onde durante 18 a 25 dias ocorre a fermentação alcoólica numa temperatura controlada.

Segue-se então a processo de fermentação e de clarificação, não sendo filtrado. 

Por fim, o vinho matura em barricas novas de carvalho francês por um período que varia entre 22 e 28 meses.

A produção do Petrus é considerada como baixíssima, de 30 à 50 mil garrafas ao ano. 

Sendo que, desse total, cerca de 40% ficam na França, só o restante é  distribuído nos mercados americano, inglês e asiático.

Como a procura é  muito superior à oferta, os exemplares são extremamente disputados em leilões.

O vinho Chateau Petrus representa a primeira divisão dos vinhos mais raros e mais caros de todo o mundo.

A propriedade situada na sub-região de Pomerol , onde brilha a uva Merlot, foi parcialmente adquirida pela  família Moueix.

Esta safra de Château Petrus faz jus a sua fama : é um Vinho Tinto rico em aromas de fruta madura e carnuda, como framboesa, evoluindo para notas de especiarias e chocolate.

Concentrado, estruturado e com taninos finos, destaca-se pela extraordinária elegância e pureza.

A uva é a Merlot e o teor alcoólico é 13,5%.

É o mais engraçado é que li um comentário de alguém que provou e não gostou!

Dizia que o vinho era muito escuro e não gostou do sabor . 

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x
()
x