Coisas Boas em Alta
Bebidas em Alta

Adega da Confraria

Quem diria que no cadaval se produzia bom vinho de mesa!

Engraçado porque estas supressas só acontecem em restaurantes de bairro. A proposta era comer sushi, num restaurante pequeno, perto de casa de amigo.

O sushi é fresco e muito em conta. A lista de vinhos é curta, e com alguns vinhos populares, o desafio é provar coisas que não conheço.

O meu amigo, é daqueles que usa a expressão “Bora lá” mesmo que não seja uma boa escolha. Pedi um “adega da confraria”!

Nunca tinha bebido, nem sabia onde era produzido.

O meu primeiro contacto foi com odor, que era suave, sem cheiro a álcool. O meu amigo em jeito de brincadeira, começou por dizer que lhe cheirava a baunilha. Tem 3 castas, a saber: Aragonês, Castelão, e Trincadeira Pratas.

A minha prova de boca foi suave, gostei do que bebia. Tentei saber mais sobre o vinho, mas há pouca informação disponível. O que me leva a crer que é um vinho corrente, que naquele momento tive grande prazer em beber.

O que quer dizer que muitas vezes o preço não é o mais importante, o importante é o prazer que se retira dos momentos. Gostei e voltarei a pedir se tiver vontade.

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x