Coisas Boas em Alta
Bebidas em Alta

Foral de Évora

Confesso desde já que sou um admirador da gama de vinhos da Cartuxa, da Fundação Eugénio de Almeida na produção de vinhos. Já aqui escrevi do vinho Cartuxa, mas desta vez o que aqui me traz, é outro produto do seu portfolio.

Desta vez, vou falar do Foral de Évora, um vinho suave, muito frutado com travos de carvalho, canela e baunilha, jovem e com uma graduação à volta dos 15º.

Como já disse em crónicas anteriores, não sou enólogo, nem especialista em vinhos. Apenas um apreciador de “mesa”, que gosta de partilhar com os amigos. Portanto peço a quem tiver o trabalho de ler esta crónica, que perdoe algum disparate.

Este vinho na minha humilde opinião, está ao nível do Cartuxa, embora com uma notoriedade inferior.

Digamos que aconselharia a prova acompanhada com um queijo de Tolosa (Niza), sobretudo se for da casa Queijos Fortunato, e ainda melhor…se possível uma boa lareira, com lenha de azinho e carvalho, para dar aqueles estalidos tão características das casas nas aldeias.

Sem mais, aconselho-vos a deslocarem-se a uma grande superfície (mais acessível) e aproveitem estas promoções do Natal para provarem este verdadeiro néctar, neste caso dos Monges da Cartuxa.

Boa degustação…

Subscreva
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Tem algo a dizer? Comente este artigo!x